Elis Nebsniak

Resumo

Elis Nebsniak Sexy Clube

Elis Nebsniak, DJ Sexy BeatZ_ 28 anos de Irati mas mora em Curitiba – PR

Primeira vez que sai em uma revista?
Sim, é a primeira vez. E a felicidade é enorme por ser uma revista tão grande e conhecida como a Sexy.

Como vai se sentir quando ver sua revista nas bancas?
Estou radiante, imagina quando ver ela nas bancas, (risos). Vou me sentir realizada e com a sensação de dever cumprido. É a realização de um sonho.

Já fEz conteúdo para alguns sites?
Sim, trabalho há algum tempo com plataformas de venda de conteúdo adulto, como por exemplo o Onlyfans e Privacy.

Nos conte um pouco como começou?
Comecei a pouco mais de 2 anos, como modelo. Sempre trabalhei nas minhas redes sociais de forma sensual e muitos dos meus seguidores me pediam para comprar fotos e vídeos mais explícitos. Com o passar do tempo esse mercado foi aumentando e resolvi entrar nele. No início não mostrava o rosto, por me preocupar com a exposição, mas hoje em dia encaro de forma natural. Além de ser um trabalho, virou um estilo de vida que garante a minha independência financeira e diversão. Inclusive, toda a minha família sabe, e a aceitação deles foi o principal motivo para eu poder ser quem realmente sou.

Como cuida do seu corpo?
Eu amo musculação. Em 2019 participei de dois campeonatos de fisiculturismo na categoria Wellness, onde levei dois troféus e cheguei a me classificar para o Campeonato Brasileiro (também foi a realização de um sonho). Hoje em dia não pretendo mais competir, o ritmo é frenético, porém continuo com a minha rotina de treinos e uma alimentação saudável.

Já fez algum procedimento estético cirúrgico?
Nunca. Meu corpo é todo natural. Prefiro talhar ele aos poucos na academia mesmo. É mais trabalhoso e demorado, mas o resultado é mais gratificante e duradouro.

Como concilia o esporte com a vida noturna de dj?
Minhas apresentações, normalmente, são durante o final de semana, o que facilita a minha rotina de treino. Como não bebo, no dia seguinte estou bem recuperada.

Falando nisso, como surgiu a vontade de ser DJ?
Essa é uma pergunta interessante, porque eu gosto muito de música eletrônica. Poder levar uma vibe boa para as pistas e ver a galera feliz
é muito gratificante. Tento sempre entregar mais do que música, mas também um momento de alegria e felicidade que as pessoas possam levar para suas vidas.

É muito paquerada nas baladas?
Quando estou curtindo, sim. Acho que faz parte da vida noturna. Porém, quando vou me apresentar é mais tranquilo, acho que o fato de eu estar comandando o som deixa as pessoas mais inibidas, (risos).

Está namorando?
Na verdade, pasmem, eu sou casada, (risos). Eu e meu marido temos um relacionamento aberto. Gostamos de ficar com outras pessoas para nos divertir e sair da rotina. Vejo isso como algo positivo para nosso relacionamento porque nos torna mais livres para expormos nossos desejos e prazeres. Sem falar do tesão que se mostra sempre presente, (risos).

Essa é a receita para o relacionamento dar certo?
Acredito que o diálogo seja o principal motivo. Além disso, saber dar espaço para a outra pessoa ser quem ela quiser.Viemos ao mundo para sermos felizes e ter alguém ao seu lado que te permite e incentiva a explorar isso, é maravilhoso.

O que mais te atrai em um homem?
Gosto de homem inteligente, interessante e que tenha uma boa conversa. Precisa ser cheiroso também, (risos). A beleza pode entrar depois. Ser bonito mas não ter conteúdo não fará com que eu me sinta atraída o suficiente para me levar pra cama, (risos).

Já saiu com mulheres?
Já sim, e adoro. Inclusive gravo muito com outras meninas. Já gravei cenas com várias ao mesmo tempo e foi uma loucura, (risos). Como meu estilo de vida é “liberal” eu encaro todo tipo de prazer como algo gostoso e natural.

Quais suas preferências no sexo?
Eu adoro receber sexo oral, ir por cima, cavalgar bem gostoso e ver o cara tentando se controlar. Gosto de dar prazer, (risos). Também gosto de ser dominada com uma pegada forte, ser judiada de quatro e amo um sexo anal. O sexo para mim tem que ser intenso, mais hard core, sabe?

Qual a fantasia mais maluca que já realizou?
Já fiz várias coisas doidas. Transei no meio da rua, no camarote de uma balada, onde o boy chegou por trás, levantou meu vestido e mandou ver, (risos). Mas com certeza a melhor de todas foi fazer DP (dupla penetração) e DPV (dupla penetração vaginal). Assistia isso nos vídeos e morria de tesão. Quando realizei foi o maior prazer que já senti.

Elis Nebsniak Sexy Clube


Elis Nebsniak Sexy Clube

Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube

Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube

Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube

Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube
Elis Nebsniak Sexy Clube

AcervoX
AcervoX
Elis Nebsniak Sexy Clube
AcervoX
AcervoX
AcervoX
AcervoX
AcervoX

AcervoX
AcervoX
Elis Nebsniak Sexy Clube
AcervoX
AcervoX
AcervoX
AcervoX
AcervoX

Download